O Cônsul-Geral de Portugal em Lyon, Luís Brito Câmara, participou no sábado 31 de março no Instituto de língua cultura portuguesa (ILCP) de Lyon numa Conferência com o jornalista e escritor José Rodrigues dos Santos. Felicitou o escritor pela sua ampla obra literária ficcional que cobre nomerosos temas de interesse como a história, a religião, a ciência, e que revelam um trabalho de investigação significativo por parte do autor. Referiu a importância da sua visita a Lyon que vem revelar mais uma vez o talento de cidadãos portugueses nas mais diversas áreas e as numerosoas ligações históricas e culturais entre Portugal e e França, bem como de personalidades famosas que contribuiram para enriquecer ambos os países em termos culturais (caso de Calouste Gulbernkian, por exemplo, da pintora Viéria da Silva, de Cargaleiro, de Almada Negreiros).

O conhecido jornalista da RTP revelou muito da sua obra e dos seus métodos, assim como da forma de organização da sua escrita. José Rodrigues dos Santos respondeu às múltiplas perguntas de Rosa Maria Fréjaville, Diretora pedagógica do ILCP, mas também às perguntas do público presente. A conferência durou mais de duas horas. A sala estava cheia de alunos, mas também de pais, antigos alunos e muitos amigos do ILCP, assim como bastantes franceses.

José Rodrigues dos Santos chegou a Lyon no dia 27 de março para dar várias entrevistas com jornalistas do canal televisivo EuroNews, animadores do programa Raízes, Rádio Sem Fronteiras e Rádio Já. Também se deslocou a St.Etienne onde conferenciou para os alunos do Departamento de português da Universidade Jean Monnet e do mundo associativo. Um público muito atento e que aplaudiu José Rodrigues dos Santos, agradecendo a sessão de autógrafos e dedicatórias com grande simpatia e disponibilidade. 

No final da conferência, o ILCP convidou-o para um almoço preparado e servido pelo responsável da empresa «Milesimes e Gourmandises» de António Pinto. Durante o almoço participou também Manuel Mendes, Presidente da Associação cultural portuguesa de St. Etienne, que também é cantor e professor de música. Manuel Mendes animou o almoço com «canções de Abril».

 

 

  • Partilhe