Consulado Geral de Portugal em Lyon

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Web Summit faz de Lisboa «o centro do debate dos grandes desafios globais»

Web Summit faz de Lisboa «o centro do debate dos grandes desafios globais»

i031232

Primeiro-Ministro António Costa durante a intervenção que antecedeu a abertura oficial da Web Summit 2017, Lisboa, 6 novembro 2017 (Foto: António Cotrim/Lusa)

O Primeiro-Ministro António Costa afirmou que a Web Summit «não está apenas a fazer de Lisboa a capital do empreendedorismo mas também o centro do debate dos grandes desafios globais».

Numa intervenção que antecedeu a abertura oficial do evento, António Costa realçou a importância do contacto entre pessoas na construção de um mundo melhor e recordou o passado da capital portuguesa nesta evolução.

«O digital não é apenas sobre nuvens e códigos. Mesmo a era digital tem, na sua essência, pessoas. A melhor maneira do contacto entre pessoas, da partilha de experiências será sempre cara a cara, pegando nessas ideias para criar negócios», disse.

O Primeiro-Ministro acrescentou que «Lisboa é o lugar natural para reuniões destas». «Tem sido durante os séculos um ponto de ligação para pessoas de todas as culturas e cantos do mundo. A nossa história, a nossa geografia e a nossa cultura fizeram de nós uma sociedade aberta», afirmou.

Elogio às startups portuguesas

António Costa referiu que «o trabalho, a dinâmica e a vibração do ecossistema das startups portuguesas» é um orgulho e realçou «a forma como a capacidade de iniciativa, a inteligência, a energia e a criatividade tem transformado as oportunidades».

O Primeiro-Ministro destacou a importância de todos os participantes portugueses na Web Summit aproveitarem estes dias «para se darem a conhecer, para darem a conhecer Portugal, para conhecerem pessoas de todo o mundo e aprender com elas».

«Aprendemos sempre com os outros e é com os outros que estamos todos a construir um País melhor e um mundo que queremos também melhor».

«Web Summit contribui para a construção da imagem de um Portugal moderno e sofisticado»

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, afirmou que «a Web Summit contribui para a construção da imagem de um Portugal moderno e sofisticado».

«Esta imagem transporta-se para o valor dos outros produtos: no mobiliário, no calçado, no têxtil, nos nossos serviços de turismo», referiu o Secretário de Estado no segundo dia da WebSummit, em Lisboa.

Eurico Brilhante Dias diz a Web Summit é também «uma forma de o País se promover como território de acolhimento e de produção de bens e serviços de elevado valor acrescentado».

«A marca Portugal constrói-se atribuindo a esta marca valores próprios», a quem se reconhece «fiabilidade, qualidade, sofisticação e elevado valor acrescentado».

O Secretário de Estado destacou também a forma como o evento contribui para uma «perceção muito positiva quando se vê envolvimento de agentes públicos e privados neste ecossistema tão criativo de produtos tão sofisticados, de produtos que exigem tanto conhecimento e capital».

O impacto positivo na cidade de Lisboa também foi realçado por Eurico Brilhante Dias, considerando a Web Summit como «um grande evento bom para criar emprego e mais exportações».

 

 
FacebookTwitterGoogle +E-mail